domingo, 20 de fevereiro de 2011

Decidi escrever este post para DesMistificar essa palavrinha tão assustadora. Recebo frequentemente e-mails de pessoas desesperadas perguntando sobre a quarentena exigida pelos países, antes de viajar com seus animais.

Antes de tudo, cada país tem suas regras. Nós enfrentamos as exigências mais pesadas de viagem quando mudamos de Portugal para Irlanda, onde o procedimento é super exigente e inclui 6 meses de quarentena. Explico detalhes em outro post aqui .

Bem, a primeira coisa que se deve fazer é entrar em contato com a secretaria ou ministério do país, responsável por entrada de animais, que geralmente é a agricultura. A maioria deles possui informações sobre o assunto no próprio website, com check-list do passo-a-passo que se deve fazer antes de viajar.

Em algumas situações, a quarentena é citada como uma das etapas, normalmente a última ou uma das últimas. No nosso caso, após vacinas, micro-chip, passaporte animal, anti-rábica, teste de sangue para ver os anticorpos, etc, veio a quarentena de SEIS meses. Tem gente que acha que o animal vai ficar preso em alguma instituição cumprindo esse tempo, como um criminoso prisioneiro. Não podemos confundir a quarentena dos filmes, onde quando há suspeita de alguma doença, ou onde as pessoas começam a se tornar zumbis, ficam presas no local, isolados até resolverem o pepino em questão...

Na quarentena requerida pelos países, o seu filhote fica na sua casa, é o tempo que exigem para garantir que ele não desenvolveu nenhuma doença mesmo depois das vacinas. Então, vem todo o procedimento médico, e em seguida ele deve esperar o tempo solicitado pelo país de destino, em casa, antes de viajar. 

Normalmente, depois da quarentena, entre 24 e 48 horas antes da viagem, é necessário levar o animal ao veterinário para dar um anti-parasita e remédio para pulgas, além de obter um atestado médico, dizendo que ele está apto a viajar. Peça também um calmante para o bichinho. Uma dica que muitos não sabem é que animais de pequeno porte podem ir na cabine junto com o dono, em uma sacola daquelas flexíveis, informe-se na sua companhia aérea. 

Então, acabando com o mito, seu animal não vai sofrer se estiver em quarentena, pois ELE FICA EM CASA, com você. O nome é feio, mas é isso que significa. Em alguns casos, o que pode acontecer é ele não ter cumprido o tempo suficiente exigido pelo país, e quando chegar lá as autoridades podem mantê-lo sob guarda, até o prazo terminar. Mas isso só acontece se você não seguir o passo-a-passo exigido para viagem ou se no passaporte do animal não tiver todas as informações assinadas pelo médico veterinário.

Então as dicas que deixo são: Informe-se com a agricultura do país de destino os procedimentos exigidos, mantenha seu animal em dia com vacinas, microchip, passaporte, etc... Se você pensa em viajar, ou ainda nem pensa, mas quer manter seu animal pronto para uma eventual viagem, comece o procedimento o  mais rápido que puder. Nós adotamos mais uma gatinha em setembro do ano passado e imediatamente começamos todo o procedimento para uma eventual viagem ou mudança, e considera-se que ela está em quarentena neste exato momento, linda e brincalhona, dentro de casa. Informe-se também com a companhia aérea que irá viajar e reserve o lugar do seu filhote. Mantenha todo o procedimento com um médico veterinário de sua confiança, que conheça os procedimentos. DesMistificado o bicho tão assustador que chama-se QUARENTENA.

Se alguém quiser deixar dicas de como viajar com animais e das exigências dos países, fique à vontade para complementar nos comentários.

Atenção, as regras mudaram, veja os links com as informações atualizadas no post abaixo:
http://vivendoeuropa.blogspot.be/2013/11/viajar-com-animais-na-europa-mudanca.html

17 comentários:

Patricia disse...

No meu caso, como soubemos da mudança para a Inglaterra um mês e meio antes, tivemos que deixar os gatos em uma pensão na Bélgica, e íamos vê-los mensalmente até que puderam se mudar de vez conosco definitivamente. Foi sofrido para eles e caro, mas eu nunca os abandonaria!! O ideal é saber da mudança com bastante antecedência, assim dá para preparar tudo da sua casa, como vc disse.
Já a mudança da Europa para os Estados Unidos foi tranquilíssima! Não tem quarentena por aqui e não exigiram nada. Neste caso o nervosismo ficou por conta da viagem no avião, pois os gatinhos gordinhos tiveram que ir lá embaixo. Apesar da minha preocupação, eles chegaram bem! Neste caso valeu uma boa pesquisa na internet para ver quais eram as melhores companhias aéreas com pets (viemos de KLM/Air France). Bjs

Josane Mary disse...

Olá Carol e João!
Também sou expatriada; sai do Brasil em 2000, e desde 2003, moro na Holanda. O choque cultural existe e acaba sendo benéfico - de uma maneira ou de outra -. Sou da opinão que existem coisas boas e ruins em qualquer lugar do planeta! Nós é que temos que ressiginificá-las à nossa moda!
Sempre que viajo(amos) aqui pela Europa, levo meu cachorro comigo. Nunca esqueço o passaport dele, sempre atualizado com o nome das vacinas, etc. Acatei ainda a sugestão do veterinário, colocando um chip no Jupter. Assim, se algum dia, ele se perder, ou eu esquecer do passaport dele, as autoridades podem consuiltar todas as info a respeito dele, num banco de dados, próprio.
Curtam a Primavera!
Grade abraço!

Sandra Lemos disse...

Eu adorei suas dicas, estou começandoa pesquisar pois eu e meu marido nós temos um cachorro que é nossa paixão.

Então meu marido vai trabalhar em Praga a partir de out 2012 e depois eu vou encontrar com ele, e nós estamos preocupados com toda a burocracia para levar o Nino.

Muito Obrigada pelas dicas e por desmistificar essa palavra tão temida: 'quarentena'

abc
bjs
Sandra Lemos
rj

Sandra Lemos disse...

Eu adorei suas dicas, estou começandoa pesquisar pois eu e meu marido nós temos um cachorro que é nossa paixão.

Então meu marido vai trabalhar em Praga a partir de out 2012 e depois eu vou encontrar com ele, e nós estamos preocupados com toda a burocracia para levar o Nino.

Muito Obrigada pelas dicas e por desmistificar essa palavra tão temida: 'quarentena'

abc
bjs
Sandra Lemos
rj

sara disse...

Muito obrigado por essas dicas preciosas!! Estou a planear ir para Inglaterra e quero muito levar a minha gata comigo! Só uma pergunta, a minha gatinha tem contacto com outros gatos aqui em casa (do meu irmão) no período de quarentena, tenho que os separar né? Beijinho e parabéns pelo blog!

Maria Paula disse...

Oi, João

Eu estou enfrentando uma situação difícil: moramos na França e pela primeira vez trouxemos nossa cachorrinha Tartiflette para passar 25 dias no Brasil. Ela tem passaporte, micro-chip, todas as vacinas... a veterinária na França nos aconselhou e disse que ela estava pronta para viajar. Ela entrou no Brasil, está aqui conosco mas recebemos a notícia de que ela não poderá voltar! Ela não tem o teste de sorologia da raiva e nós não recebemos esta informação antes de partir. Já coletamos o sangue que será analisado em São Paulo e depois disso ela ainda terá que ficar 90 dias em quarentena aqui no Brasil! Estou muito triste e frustrada. Liguei para o Ministério da Agricultura antes de vir ao Brasil, fiz consultas veterinárias na França e nunca fui informada da necessidade desse exame. Meu marido é francês e meus filhos estão em período escolar em Paris, de modo que não temos como esperar 90 dias no Brasil para poder retornar para nossa casa na França com a nossa cachorrinha. Tu sabes de alguém que tenha passado por essa situação ? Preciso de ajuda e encontro informações apenas de pessoas que desejam entrar na França com um animal doméstico... Gostaria de saber se há alguma atenção especial para casos de desorientação como essa que enfrentamos e de tratar-se de um cachorro que mora na França e saiu de lá há menos de 10 dias.

Obrigada

Maria Paula

Carol Sales disse...

Maria Paula, eu não acredito que na França tenha essas restrições, talvez quem lhe deu essas informações no Brasil esteja mal-informado, eu aconselho que você entre em contato com o ministério da agricultura da FRANÇA, pois se ela saiu de lá com tudo certo, não tem porque ficar presa no Brasil. Ela tomou a vacina anti-rábica? Se você voltará direto para França sem conexão em UK sinceramente não entendo porque disseram isso, mas posso estar desinformada sobre as regras, se mudou alguma coisa... Imagino o seu desespero, mas procure ligar urgente para o Min, Agricultura na França e explique a situação, não confie muito no que dizem aí no Brasil, porque se ela tiver que cumprir quarentena, provavelmente ela fára isso na França mesmo. No meu caso, se o meu gato não tivesse cumprido quarentena em Portugal, ele cumpriria na Irlanda, a diferença é que ele teria que ficar 6 meses na instituição de quarentena e não em casa, como foi o caso. me contacte pelo e-mail carolinafeitosa@hotmail.com, assim fica mais fácil de conversarmos. beijos, boa sorte! Carol.

Anônimo disse...

OLA QUERO VIAJAR PARA O BRASIL MAS ESTOU EM DUVIDA SE LEVO OU NAO MEU CACHORRO DE PEQUENO PORTE POIS AINDA NAO DERAM CERTEZA DO QUE PRECISO FAZER. ME DIGAM A QUARENTENA E DE 40 DIAS EM CASA OU CLINICA VETERINARIA E SE MESMA DOCUMENTAçAO DAQUI E VALIDA NO BRASIL.OBRIGADA! 13 DE FEVEREIRO 2013

Angelica disse...

Olá, eu viajo muito e eu sempre carrego o meu gato. Eu nunca tive problemas para transportá-lo para outro país. A única exigência que tive foi comprar remedio para pulgas, apenas no caso. Beijos

Anônimo disse...

Olá Carol eu gostava que tu me dissesse se a quarentena mo brasil também é assim se o animal pode ficar em casa. se poder responder agradecia que enviasse pro meu email. ruineves7@gmail.com

Anônimo disse...

Olá Carol! Gostaria de saber qual o procedimento para levar e trazer um gato durante quase 3 meses da Bélgica para o Brasil? Obrigada.

Anônimo disse...

Acabo de realizar todo o processo para viajar com minha pet saindo do RJ para Portugal, o processo e lento e acabou se tornando complicado por causa de tanta burocracia.
Eu não tive a sorte de principiante e tive que trocar a passagem e pagar a multa pois fiquei presa por mais 1 mês por conta da quarentena exigida pela sorologia, onde o animal permanece inapto para viajar. Sao 90 dias contando a partir da data da coleta do sangue para fazer a sorologia.
Não tem negociação, o ministério da agricultura do RJ e super exigente e não liberam mesmo.
Fui ao Ministério da agricultura, no Galeao 5 vezes, cada hora era uma historia, então, aconselho a quem for viajar com seu pet reservar com antecedência pelo menos os 90 dias, ou melhor 4 meses, caso ainda não tenha sido dada a vacina de raiva, que precisa ter acho que 1 mês antes de coletar o sangue para a sorologia.
Vou embarcar amanha pela Lufthansa e espero não ter mais nenhum problema, desejem-me sorte :-)
Vou ver depois se monto um microblog contando o passo-a-passo para ajudar quem precisa e evitar que cometam os mesmos erros que eu e acabem atrasando mais todo o processo.
Boa sorte para todos os futuros pets que irão viajar.
Ju e Minnie
=(^.^)=

Ju disse...

Acabo de realizar todo o processo para viajar com minha pet saindo do RJ para Portugal, o processo e lento e acabou se tornando complicado por causa de tanta burocracia.
Eu não tive a sorte de principiante e tive que trocar a passagem e pagar a multa pois fiquei presa por mais 1 mês por conta da quarentena exigida pela sorologia, onde o animal permanece inapto para viajar. Sao 90 dias contando a partir da data da coleta do sangue para fazer a sorologia.
Não tem negociação, o ministério da agricultura do RJ e super exigente e não liberam mesmo.
Fui ao Ministério da agricultura, no Galeao 5 vezes, cada hora era uma historia, então, aconselho a quem for viajar com seu pet reservar com antecedência pelo menos os 90 dias, ou melhor 4 meses, caso ainda não tenha sido dada a vacina de raiva, que precisa ter acho que 1 mês antes de coletar o sangue para a sorologia.
Vou embarcar amanha pela Lufthansa e espero não ter mais nenhum problema, desejem-me sorte :-)
Vou ver depois se monto um microblog contando o passo-a-passo para ajudar quem precisa e evitar que cometam os mesmos erros que eu e acabem atrasando mais todo o processo.
Boa sorte para todos os futuros pets que irão viajar.
Ju e Minnie
=(^.^)=

Lúcia moraes disse...

Ou seja,se o animal estiver em dia com os documentos,medicamentos, não é necessário a quarentena para viajar para o brasil?

tato TEN disse...

Vou para Portugal e vou levar meus dois cachorros, quero saber se é obrigatório depois que colher a sorologia ficar três meses no Brasil antes de viajar, não posso esperar o máximo que posso aguardar é 60 dias, o que eu faço pelo amor de Deus?

tato TEN disse...

Vou viajar para Portugal e vou levar meus dois cachorros, quero saber se é obrigatório depois que colher a sorologia ficar três meses no Brasil antes de viajar pra Portugal, não posso esperar tudo isso , só poderei aguardar 60 dias, o que eu faço me ajudem por favor!

Rezitcha disse...

Estou com a mesma dúvida!! Meu marido vai fazer um curso na Itália que começa em 20 de março e não podemos chegar depois disso..

estamos atrasados uns 20 dias com a sorologia.. não tem algum jeito de resolver o lance da quarentena? Não digo com o famoso jeitinho brasileiro, mas algo que possa ser feito legalmente ??

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...