segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Hi all, long time no see...

Acabou 2010 começou 2011, completamos 1 ano por aqui e nada mudou... Bruxelas continua a mesma e fazer uma análise sobre a mudança continua uma tarefa complicada. A primeira coisa que me vem à mente em relação "Ireland X Bruxelles" é a seguinte frase: "se arrependimento matasse"... ou: "se pudesse voltar no tempo"... Mas na verdade nunca sabemos o que poderia ter acontecido se tivéssemos permanecido em Dublin. Até então (no momento da mudança), a crise não havia nos atingido, mas agora as coisas estão piores por lá, dizem as notícias e os conhecidos que ficaram. Será que pular a fogueira antes de começar o fogo foi a melhor opção? Difícil responder. Uma coisa é certa, depois de conhecer o estilo, a alegria e a simplicidade de viver dos irlandeses, é difícil engolir cara fechada, grosseria e amargura dos habitantes nas terras belgas (toda regra tem suas exceções) o que me faz voltar mais uns anos no tempo e lembrar vividamente de Portugal... Então, por tudo isso, a avaliação ainda é incerta e improvável, porém detalhes e revelações vão aparecendo no dia-a-dia e aos poucos comentarei por aqui.

6 comentários:

Um sonho a dois disse...

Oi Carol: espero que 2011 traga grandes e boas mudanças na vida de vcs. Tenho certeza que vc encontrará ótimas possibilidades neste ano. Bjs.

Carol P disse...

Eu ja morei em Dubin e Bruxelas por motivos de trabalho e as comparacoes nao ajudam em nenha a situacao. Pois na Belgica apesar da cara amarrda, os 50% de impostos pagos sao revertidos para o uso do cidadao. Jah na Irlanda e UK e outros paises ibericos, nao temos muitas vantagens , principalmente para os trabalhadores q pagam mais taxas ao governo. E dependendo da situacao prefiro a cara amarrada dos belgas e beneficios familiares, afinal tenho q pagar taxas e dependo do salario se paga os mesmos 50% com muito pouco em retorno.
bj

Patricia disse...

Ahhh, eu discordo total que na Irlanda se pagam os mesmos impostos que na Bélgica!!! E no nosso caso, o imposto de renda+ securité sociale, chegava perto dos 60%! Para quem não tem filhos (como é o meu caso) e praticamente não tem doenças (também é o meu caso), o retorno é zero!
Além de todas as palhaçadas da Bélgica e a dificuldade infinita para alguém que não fala holandês encontrar um job (eu sou fluente em frances, ingles e italiano), uma das razões que nos motivaram a ficar nos Estados Unidos foi justamente a baixa taxa de impostos! O plano de saúde oferecido pelo meu trabalho é barato e se tiver crianças um dia provavelmente estudarão em escola pública. E olha, não sou republicana não! Concordo em pagar impostos para o bem da população e menos necessitados, mas o que eu vi de abusos aí...meu deus!!! Por que alguém com 24 anos, por exemplo, sem emprego (a porcentagem de desempregados em Bruxelas é absurda!!) tem que receber a CPAS (dinheiro do governo) para morar sozinha a duas quadras dos pais? Isso é fato que eu sei, aconteceu com um locatário da minha casa em Bruxelas...e por aí vai. Ou minha sogra, que ganha mais aposentada do que quando trabalhava (hello???).
Eu fiquei absolutamente traumatizada com a Bélgica, me dá uma sensação horrível voltar ao país. Infelizmente é o país do meu marido e uma vez na vida terei que voltar - para visitas relampagos, felizmente!
Bjs

Tati Andrade disse...

Oi Carol, adorei o seu blog. Ele é muito lindo e traz dicas bem interessantes principalmente para quem vai viver e passear na Europa. Desejo a voce, ao João Carlos e aos gatinhos um 2012 com muita saúde e repleto de momentos felizes. Beijos
Tati Andrade

Cavaleiro Templário disse...

9 motivos para NÃO morar na Bélgica:

1) A Bélgica é o país mais islamizado da Europa! É o berço do radicalismo islâmico.
2) O distrito de Molenbeek em Bruxelas já é um território islâmico no coração da Bélgica. Molenbeek é uma espécie de "gueto islâmico", chamado de "zona proibida" ("no-go-zone"), onde a Lei Sharia ("Lei do Terror") já está implementada e não-muçulmanos não podem entrar. Nem a própria Polícia entra!
3) Na Bélgica (Bruxelas) você não sabe se está na Arábia Saudita ou na Europa, pois, praticamente, todas as mulheres usam hijabs ou burcas, e as que não usam correm perigo. Tráfico de drogas e mesquitas radicais estão por toda parte. Miséria, desemprego e a criminalidade caminham a passos largos. Em Molenbeek, a taxa de desemprego gira em torno de 40%. Imãs radicais passam pentes finos, de forma agressiva, à procura de jovens com poucos recursos para arregimentá-los a travarem a jihad contra o Ocidente. Outras regiões da Bélgica, como Shaerbeek e Anderlecht estão na mesma situação de Molenbeek.
4) A Bélgica vive uma onda de insegurança por conta dos ATAQUES TERRORISTAS islâmicos. Em 2016, 31 pessoas foram mortas e cerca de 300 ficaram feridas nos atentados no aeroporto de Bruxelas e na estação do metrô de Maalbeek. Após os ataques, o governo belga conclamava o povo a se abster de reações violentas, declarando que os muçulmanos - PASMEM - são as principais vítimas do terrorismo.
5) Na maioria dos países europeus, a exemplo da Bélgica, a "islamofobia" é considerada crime; e qualquer crítica ao islã pode ser considerada "islamofobia".
6) A maioria dos combatentes jihadistas estrangeiros lutando ao lado do Estado Islâmico são cidadãos belgas muçulmanos (nascidos na Bélgica, mas descendentes de marroquinos)! A Bélgica é a principal fonte de jihadistas per capita da União Européia para o Estado Islâmico.
7) Em Bruxelas, as crianças em escolas públicas são obrigadas a frequentar aulas sobre o islã.
8) O nome mais comum dos recém-nascidos da Bélgica há 4 anos consecutivos é "Muhammad"(Maomé)!!!
9) A Bélgica está entre os 20 países MAIS ATEUS do mundo, sendo que 45% da sua população é composta por ateus ou irreligiosos.

A Bélgica já está derrotada!!! Os belgas estão abandonando a Bélgica sem lutar!!! Em até 30 anos, a Bélgica será completamente islâmica e mudará de nome para "Belgistão"!!!

Carol Sales disse...

Por mais triste que seja, você fez um comentário muito verdadeiro e completo sobre o que está acontecendo na Bélgica. Acabo de deixar esse país depois de 7anos, com residência permanente e apesar de tudo tenho uma simpatia enorme por esse lugar, cidades lindas e sempre fui muito bem tratada. Estou na Holanda agora... Você mora em Bruxelas?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...