quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Subitamente, logo depois de anunciar a minha cidadania europeia há uns 4 anos atrás, eu comecei a receber mensagens, e-mails simples e desaforados pedidos de casamento online. Genteeeee, eu fico lisonjeada e tal, sei que não é pela minha beleza (cof cof)  nem pela minha riqueza (heim?) eu detesto ser estraga-prazer mas tenho que dizer uma coisa: EU JÁ SOU CASADA! Sorry, too late guys, isso vale para a  mulherada também. 

Amigos e leitores, sei que as coisas no Brasil estão más em alguns aspectos como violência, corrupção, etc etc... Mas existem outros meios de vir morar na Europa, sem ser casando com "gringo" (sugestão de post com humor: quem quer casar com gringo), como por exemplo através de estudos. Existem infinitos cursos e propostas de empregos legais, principalmente para algumas áreas (ex: IT) que pagam o visto de trabalho. Existem lugares em que pode-se por exemplo estudar e trabalhar meio período, olha só que maravilha, fazer tudo direitinho. Conheço muita gente que veio morar aqui dessa forma. Gente que veio estudar e acabou ficando. E quando você vai ficando, o tempo vai passando e quando vê já tem até tempo suficiente de pedir a cidadania do país em que se mora (o que varia muito de cada um).

Eu não julgo quem também queira encontrar um parceiro de fora por ser "exótico" ou por achar que é diferente do que se encontra no Brasil. Sério, nada contra. Mas muito cuidado com essa história de casamento comprado porque as autoridades não não bobas. Quando suspeitam de algo, existem técnicas usadas para descobrirem se o casal é uma farsa. Outra coisa que desaconselho é a pessoa vir com o visto de turista e ficar ilegal no país, o cerco está fechando a cada dia que passa e quem está irregular pode se dar muito mal. Já vi gente recebendo carta para se retirar urgente, na melhor das hipóteses.  E eu falo mesmo, não é bem visto gente que vem tentando se aproveitar do governo, dando jeitinho e prejudicando a imagem de quem está com tudo em ordem. 

Enfim, não quero ser indelicada, muito menos mal agradecida com o "carinho?" mas a verdade é que estou caminhando para o oitavo ano de casamento, tenho até dois filhos felinos (sim, gatos, por quê??). E veja bem, eu não me separei depois que consegui a cidadania, talvez isso queira dizer algo... Então antes de ficar se coçando para mandar um e-mail, fica o recadinho: Eu não estou à venda! Mas boa sorte à quem está a procura...

Aliás, boa sorte à todos, sejam felizes aonde forem e sigam os seus corações.

Um beijo de amiga!

Viu? Nem gringo ele é.

3 comentários:

Cíntia Anira disse...

hhahahahahahahahahahahah…… juro que nao imaginava que isso acontecia de fato. Rindo da situacao. Como pode gente???? :P Beijos

Carol Sales disse...

Ahhh pois é, acontece. Fiquei até tentada a colocar alguns trechos das mensagens mas os leitores poderiam se ofender rsrsrsr Beijinhos

Gisley Scott disse...

Gente, eu não sabia que isso acontecia!!! Mas tem gente que +e cara de pau mesmo hein? Rs!
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...